InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  Registrar-seRegistrar-se  MembrosMembros  GruposGrupos  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Mais poesias à lá Yuri²-kun

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Julius Kraven
Amigo
Amigo
avatar

Número de Mensagens : 53
Idade : 25
Localização : Itabuna-Bahia
Data de inscrição : 05/05/2008

MensagemAssunto: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Sab 10 Maio - 21:31

Por que não importa onde,
O importante é estarmos aí!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Julius Kraven
Amigo
Amigo
avatar

Número de Mensagens : 53
Idade : 25
Localização : Itabuna-Bahia
Data de inscrição : 05/05/2008

MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Sab 10 Maio - 21:40

Começando pelas mais novas...

Digam o que disserem, mas

Não é crise de identidade

Eu sou uma mente inquieta!

Que vem, vê, vence: e conquista!
Ou perde e não se rende
E de novo perde, mas aprende...

Eu sou uma vida incerta!

Que pula o muro das certezas!
Ou matuta se é mesmo melhor assim.
E mesmo melhor acaba pulando, no fim...

Eu sou um abismo suicida!

Que te convida ao esquecimento!
Ou inflama o fundo só pra ver
E vê que o suicida não deve nada à você...

Eu sou a dúvida!

Mas não pago a pureza...
Ou tenho muita convicção
E que no fim tanto faz, então!

Eu sou a canção para os caídos!

Mas também sou a sua justiça...
E trago a sua justa vingança
E seus últimos sorrisos de esperança!

Eu sou o quase lá!

Mas nunca o lá enfim...
E ando para sempre pela eternidade
Sem ser mais que se não minha própria metade.

Eu sou a crise de identidade!

Não a minha, mas a tua:
Sou o inferno que cai do teu céu,
Sou o canto celeste em um semitom pastel!

Eu sou poeira de estrela!

Não que por isso seja pouco:
Sou a última peça do quebra-cabeça
Sou o segundo de força antes que arrefeça

Eu sou o ousar e o temer!

Não o medo ou a temeridade:
Sou quem pode quebrar a lei,
Sou o plebeu que corta a cabeça do rei!

Eu sou pierrot e arlequim!

Eu sou começo, meio e fim.
Eu sou a razão de ser,
Sou a emoção de viver.

Eu sou a própria contramão!

Eu sou quem anda do lado certo por opção.
Eu sou o meu próprio carrasco,
Sou o meu próprio fiasco.

Eu sou juiz e executor!

Eu sou o peito com e sem amor.
Eu sou a minha própria condenação,
Sou minha eterna prisão.

Pode ser que não seja assim,
Mas ser ou não ser não é a questão.
E por tanto ser ou não ser tanto, no fim,
Sou só e só sou solidão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Julius Kraven
Amigo
Amigo
avatar

Número de Mensagens : 53
Idade : 25
Localização : Itabuna-Bahia
Data de inscrição : 05/05/2008

MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Seg 12 Maio - 15:55

Algo talvez sentimental.

Meios Versos

Me faltou pouco para chegar lá
Me faltou pouco para se evitar
O ciclo vicioso que é só existir

Faltou pouco, menos que um triz
Para que não guardasse cicatriz
E tudo não fosse em vão

Poderia o poema ser completo
E não maldições não ditas, meio verso
Faltou muito pouco pra mim...

Para que a dor bruta, enfim,
Desse lugar à um poema de amor,
Cheio de mim.


(ao comentar, favor citar a poesia comentada, ou eu posso me confundir o.o)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Efigeny
Amigo
Amigo
avatar

Número de Mensagens : 62
Idade : 31
Localização : Betinópolis - Recinto do Cthulhu
Data de inscrição : 30/03/2008

MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Qua 14 Maio - 18:31

Yuri-kun eu te amoooooo!!!
*fã número 54673425*
É ton bom ler suas coisinhas de novo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.delusionalwounded.co.nr
Julius Kraven
Amigo
Amigo
avatar

Número de Mensagens : 53
Idade : 25
Localização : Itabuna-Bahia
Data de inscrição : 05/05/2008

MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Qui 15 Maio - 9:08

Miss Efigênia (Gênia eficiente?)

Acho que você é a primeira fã. xD









Lá vai!

Contagem Regressiva
OU
Míngua

Ainda que a última chance não tenha se apagado
Conforma-te em teu canto, calado
Com o pouco que sobra ainda,
Sombra e solidão, tão linda

Por que o tempo passa e as palavras somem
E mesmo com todo o teu porte de homem
Não sabes vencer o destino

Por que sabes, os versos também,
Sentes ódio mas não sabe a quem,

E resta apenas esperança, desatino, desdém.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eire
Novato
Novato
avatar

Número de Mensagens : 14
Localização : Em frente ao meu pc ;)
Data de inscrição : 29/05/2008

MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Qui 29 Maio - 15:35

Olha cara...acabou d ganhar mais um ponto no seu contador de fãs.

Adorei o jeito que vc escreve,nota 10 é poco ^^

Adorei msmo Wink
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Julius Kraven
Amigo
Amigo
avatar

Número de Mensagens : 53
Idade : 25
Localização : Itabuna-Bahia
Data de inscrição : 05/05/2008

MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   Dom 1 Jun - 16:25

Sem exageros, gente xD
Valeu por ler, Eire o/
Mais uma aê:


Roleta Russa

Click! Brincadeira inocente nunca foi,
Seis chances nós tínhamos
Todas à serem aproveitadas
Com louvor -- ou pedradas.

Click! Mais uma vez, sobrevivente
Quando o mundo acabaria com essa agonia?
Quando poderia viver sem essa dúvida,
Sem essa sombra de amargura?

Click! Mas que coisa!
Viver assim nessa incerteza,
Viver assim nessa dureza,
Nesse mundo incauto e sem cortesia!

Click -- BUM! Ah, droga.
Não disse tudo o que queria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Mais poesias à lá Yuri²-kun   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Mais poesias à lá Yuri²-kun
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Quais Cloths são os mais raros e caros?
» Os 100 sobrenomes japoneses mais populares
» Qual é o mais forte Cavaleiro?
» Qual as Mais Bonitas dos Animes?
» importar tem riscos?

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Talentos :: Trabalhos-
Ir para: